Marcio Ehrlich

De Janelapédia
Edição feita às 13h42min de 30 de novembro de 2013 por Admin (Discussão | contribs)

(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Marcio Ehrlich
Marcio Sidnei Ehrlich nasceu em 04 de Julho de 1950, no Rio de Janeiro, RJ, e vem atuando na área de comunicação jornalística e de marketing desde 1969.

Atuação em Mídia Impressa

Seu início na imprensa foi na área gráfica, como cartunista e ilustrador, publicando, sob o pseudônimo de "Cid", a tira de quadrinhos "Sir Lancelot", na Tribuna da Imprensa (Rio-RJ) de 1969 a 1972. Como "Cid", assinou cartuns em diversas publicações cariocas, como O Cruzeiro, O Pasquim, Bolão, Brasil Surf e Jornal de Ipanema. Mais tarde, passou a se assinar Marcio Sidnei em seus trabalhos de ilustração, incorporando o seu nome do meio.

Em 1975, ao começar a produzir, na Tribuna da Imprensa, a coluna "EQ", sobre Quadrinhos (em parceria com Moacy Cirne), passou a gradualmente se dedicar mais ao texto que ao desenho. Naquele ano também assumiu a editoria de Cultura da Tribuna da Imprensa, até ser contratado pelo O Globo como Editor de Quadrinhos, colaborando com frequência para o Segundo Caderno deste jornal com matérias sobre o tema. Em 1977, sob o pseudônimo de Maurício Justo, assinou uma coluna sobre Histórias em Quadrinhos na Última Hora (Rio-RJ) e em 1981, com seu próprio nome, uma coluna sobre Quadrinhos na revista Ele&Ela, da Bloch Editores (Rio-RJ).

A partir de 1977, com o aumento do envolvimento de sua empresa Pulga Produções (posteriormente rebatizada de Dinâmica Promoções) nas atividades de marketing e publicidade, passou a escrever sobre a área. Em 15 de junho lança a coluna "Janela Publicitária", na Tribuna da Imprensa, em parceria com a jornalista Márcia Brito, que se assinava Márcia B. A coluna foi publicada até 1981 na Tribuna, todas as sextas-feiras, tendo uma versão, de 1978 a 1983, com o nome de "Janela do Rio", no caderno Asteriscos, aos domingos, do jornal Diário Popular (São Paulo-SP). E, de 1988 a 1990, às segundas-feiras, no jornal Folha da Tarde (São Paulo-SP). De 1987 a 1988, editou da página "Marketing & Publicidade", aos domingos, no Jornal do Commercio (Rio-RJ) voltando a assinar a "Janela Publicitária" em 1988 no jornal Monitor Mercantil (Rio-RJ).

A partir de 12/07/1996, a coluna ganhou uma versão online, onde está hoje exclusivamente, em www.janela.com.br.

No período de 1983 a 1986 também esteve envolvido com o jornalismo especializado em vídeo e informática, participando, em 1983, do projeto editorial da revista Micro & Vídeo, da Fonte Editorial (Rio-RJ); editando, em 1984, a revista Vídeo Magia, da Editora Semente (Rio-RJ) e assinando, de 1984 a 1986 a coluna "Vídeo Guia", aos domingos, no O Globo (Rio-RJ).

Atuação em Televisão

Em televisão, Marcio Ehrlich produziu e apresentou, de 1980 a 1982, o programa "Propaganda & Mercado", todos os sábados pela TV Bandeirantes, Canal 7 (Rio-RJ). Em 1983, manteve um quadro sobre propaganda no "Jornal de Domingo", aos domingos, pela TVS, Canal 11 (Rio-RJ). E de 1988 a 1990 fez parte da equipe de colunistas do programa "Intervalo", aos domingos, na TV E, Canal 2 (Rio-RJ).

Atuação em Rádio

Em rádio, produziu e apresentou, de 1983 a 1984 o programa "Marketing & Publicidade", diariamente, na Rádio Jornal do Brasil AM, 940 kHz, Rio-RJ. Em 1990 apresentou um quadro sobre propaganda no programa "Panorama Brasil", às terças e sextas-feiras, na Rádio Panorama FM, 90.3 MHZ (Rio-RJ).

Atividades Associativas

Ainda no mercado publicitário, foi diretor da Associação Brasileira de Propaganda (ABP), da Associação Brasileira de Marketing (ABM), diretor de eventos do capítulo carioca da Associação Brasileira de Agências de Propaganda (Abap-Rio) e presidente do capítulo carioca da Associação de Marketing Promocional (AMPRO-Rio). Foi um dos fundadores do Grupo de Atendimento e Planejamento (GAP-Rio). Como vice-presidente executivo da Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda (Abracomp) é o coordenador nacional do Prêmio Colunistas, concurso promovido pela entidade. Já participou de mais de 200 júris do setor.

Outras Atividades

Além do colunismo publicitário e de continuar à frente da Dinâmica Promoções, Marcio Ehrlich mantém atividades em diversas outras áreas. Formou-se em Psiquiatria pela Faculdade de Medicina da UFRJ, em 1974. É Músico registrado na Ordem dos Músicos do Brasil desde em 1971 e Ator registrado na DRT-RJ desde 1989, tendo estudado teatro com Cecil Thiré, Bia Lessa, Sérgio Britto, Domingos de Oliveira (de quem foi assistente de direção em alguns trabalhos) e Wolf Maia. Na TV Manchete participou da novela "Pantanal" e na TV Globo de especiais ("Todas as Mulheres do Mundo", "Contos de Verão" e "Você Decide") e novelas ("Rainha da Sucata", "Pedra sobre Pedra" entre outras).

Marcio Ehrlich é irmão do fotógrafo Rogério Ehrlich.